Google images

Eu beijo os seus seios, passo a língua pelos contornos com uma lentidão que faz você perder a paciência, entre arquejos e sussurros você se agarra em meus cabelos e me puxa para a sua boca, fala baixinho para eu ir mais rápido, descer pelo seu corpo inteiro, mas eu sou teimosa, faço o que eu quero, desço somente ao botão intumescido e arrepiado e ali concentro minha atenção. Passo a língua, raspo os dentes, mordo, chupo. Em você, um misto de dor e prazer se misturam e se espalham pelo corpo como eletricidade que acende todas as suas luzes. lâmpadas. Corpo desperto.

E eu não paro.